Bom dia, depois de conversar com uma colega com a qual tenho muitas semelhanças psicológicas sobre o

6 respostas
Bom dia, depois de conversar com uma colega com a qual tenho muitas semelhanças psicológicas sobre os meus problemas ela partilhou comigo que tem défice de atenção. Pesquisei o assunto e tenho sérias suspeitas de que possa ser o meu caso, e até o do meu pai. Tenho receio de não ser levada a sério por não ter sido diagnosticada em criança. A que tipo de profissional se deve recorrer neste caso, a um psicólogo ou a um psiquiatra? Há especialistas a reconhecer estes sintomas no adulto?
Boa noite. O diagnóstico de TDAH pode ser feito retrospectivamente, a partir de relatos fidedignos. O diagnóstico é clínico, isto é, se forem preenchidos os critérios de diagnóstico do DSM para qualquer perturbação, o diagnóstico pode ser efectuado. Esse diagnóstico pode ser efectuado por psicólogos ou psiquiatras. Qualquer outra questão não hesite em contactar. Desejo-lhe as maiores felicidades. Cumprimentos José Armindo
Boa tarde,
Os psicólogos clínicos podem diagnosticar o défice de atenção.
Há que ter cuidado com esse diagnóstico, pois nem sempre a falta de atenção ou dificuldade de concentração (são diferentes, mas podem estar ambas presentes) correspondem a um défice, pois podem ser apenas o outro lado do treino a dar atenção a várias coisas... Ou, pelo contrário o hábito de querer fugir de prestar atenção. É necessário avaliar em que circunstâncias se verifica e não verifica, pois muitas vezes são questões emocionais não (ou mal) resolvidas que causam essas dificuldades.
bom dia o diagnóstico de TDAH pode ser feito por um psiquiatra ou um psicólogo . Muitas vezes são fatores emocionais que podem causar esse défice.
Os meus cumprimentos
Para se chegar a um eventual diagnóstico do quadro clínico que refere é necessário primeiramente realizar uma avaliação psicológica com aplicação de provas psicológicas específicas pelo que deverá primeiro recorrer a um psicólogo de preferência com experiência em avaliação psicológica nesta área. Se o diagnostico de confirmar e os sintomas se repercutirem de modo significativo no seu dia a dia poderá recorrer a Psiquiatria no sentido de fazer uma intervenção psicofarmacológica para estabilização das funções da atenção/concentração . Poderá também fazer uma intervenção em neuropsicologia no sentido de habilitar essas áreas cerebrais através de alguns exercícios feitos em papel e lápis e/ou com o recurso a meios informáticos. Ao dispor
Deve ser feito um diagnóstico clínico objectivo é preciso
Aconselho a que recorra a um psicólogo
Cumprimentos
Primeiro ser feito uma avaliação por psicólogo. A verificar-se a ausência de TDAH, podem ser aplicadas técnicas de meditação e mindfullness para melhorar a concentração e foco e também hipnoterapia para resolver qualquer trauma emocional.
Existem consultas online e presenciais.
Anabela do Rosário Cruz
Psicóloga e Hipnoterapeuta

Especialistas

Alexandre Almeida

Alexandre Almeida

Psicólogo

Ermesinde

Marcela Almeida Alves

Marcela Almeida Alves

Psicólogo

Cascais

Rita Bon de Sousa

Rita Bon de Sousa

Psicólogo

Lisboa

Ana Maria Caires Santos

Ana Maria Caires Santos

Psicólogo

Funchal

Alice Levy

Alice Levy

Neurologista

Lisboa

Alice Levy M Melancia

Alice Levy M Melancia

Neurologista

Lisboa

Perguntas relacionadas

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 4 perguntas sobre Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)
  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito reduzido. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos médicos a quem quer fazer perguntas
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.