Raquel Lira

Psicólogo mais

Porto, Vila Nova de Famalicão 2 endereços


Consultórios (2)

Consultório de Psicologia do Porto
Rua da Constituição 814, sala 16, Porto

Este especialista não disponibiliza reservas online nesta morada

Atende: adultos, crianças a partir dos 6 anos de idade

Este especialista não fornece todas as informações de que precisa?

Mostrar outros psicólogos perto de mim

Clínica Movement Saúde Integral
Rua Lino José de Sousa Ferreira 236, Vila Nova de Famalicão

Este especialista não disponibiliza reservas online nesta morada

Medidas de segurança neste consultório

Mostrar
Atende: adultos, crianças de qualquer idade
Não adicionou informações sobre seus serviços

Este especialista não fornece todas as informações de que precisa?

Mostrar outros psicólogos perto de mim

Experiência


Especializações

  • Dependências
  • Psicologia Clínica
  • Clínica Forense
Veja mais

Serviços e preços

Valores para pacientes sem plano de saúde

Serviços populares


Rua da Constituição 814, sala 16, Porto

Desde 50 €

Consultório de Psicologia do Porto



Rua da Constituição 814, sala 16, Porto

Desde 50 €

Consultório de Psicologia do Porto

Outros serviços


Rua da Constituição 814, sala 16, Porto

Desde 50 €

Consultório de Psicologia do Porto



Rua da Constituição 814, sala 16, Porto

Desde 50 €

Consultório de Psicologia do Porto



Rua da Constituição 814, sala 16, Porto

Desde 50 €

Consultório de Psicologia do Porto



Rua da Constituição 814, sala 16, Porto

Desde 50 €

Consultório de Psicologia do Porto



Rua da Constituição 814, sala 16, Porto

Desde 50 €

Consultório de Psicologia do Porto

Opiniões em breve

Envie a primeira opinião

Você já passou por consulta com Raquel Lira? Conte aqui como foi. Outros pacientes vão te agradecer por ajudá-los a escolher o melhor especialista.

Enviar opinião

Dúvidas solucionadas

3 dúvidas de pacientes solucionadas na Doctoralia

Pergunta sobre Avaliação Psicológica

Fui fazer uma avaliação psicologica (que correu mt bem). Porém, desde do momento que vi o psicólogo(ainda nem tinhamos trocado palavras) fiquei completamente apaixonada/atraida por ele. Já lá vai um ano, porém não o consigo esquecer. Não sei o que fazer, tenho medo de lhe contar pois não sei como ele irá reagir. Se vos acontecesse algo do genero, preferiam que o paciente vos contasse? Grata,

Boa tarde,
A relação que estabelecemos em consulta, chamada de relação terapêutica, é uma interação muito diferente de todas as que temos no nosso dia-a-dia. A principal diferença é a de não existir julgamento por parte do profissional sobre o que o paciente/cliente expõe/pensa/faz. É um clima de aceitação e debate. Neste ambiente, a partilha destas situações é algo muito bem-vindo. Considero que deverá abordar o tema, evitando que o mesmo seja causa/impedimento de progressão no processo terapêutico.
Obrigada!

 Raquel Lira

Atualmente estou a enfrentar um sério problema que desenvolvi já desde a adolescência, contudo neste momento está a evoluir de tal forma que necessito urgentemente de ajuda e não sei o que fazer.
O problema que falo é parurese, ou bexiga tímida, desde que me lembro sempre tive uma perturbação em urinar não tendo privacidade, contudo bastava uma casa de banho fechada ou um sitio escondido que facilmente conseguia urinar.
Últimamente este problema tem evoluído em mim de tal forma que já nem em casa consigo urinar se tiver gente por perto, mesmo que sejam os meus pais.
Só consigo consulta com o médico de família para Outubro, atualmente estou a terminar o curso superior que é pago pelos mais pais, não temos possibilidades de pagar uma terapia longa e simplesmente não estou a conseguir lidar com esta situação, tenho apenas 21 anos e a cada noite rezo para o outro dia não chegar pois sei que vai ser mais um dia de sofrimento, tenho chorado todos os dias e o sentimento de frustração é enorme por nem em casa conseguir fazer uma necessidade básica.
Posto isto gostaria de perguntar o que me aconcelham a fazer nesta situação.
Agradeço desde já todas as respostas, muito obrigado.

Boa tarde, Dado o sofrimento psicológico que apresenta, deve procurar ajuda especializada com alguma brevidade. Reporta alguns sinais que podem corresponder a sintomas ansiosos e depressivos. Entendo que a questão financeira seja um desafio, mas se o sofrimento se mantiver, nada irá melhorar. Assim, aconselho a procurar ajuda através do gabinete da faculdade que frequenta e/ou junto de um Psicólogo/a (muitos de nós temos condições especiais para estas situações).
Não deixe de procurar ajuda!

 Raquel Lira

Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência


Especializações

  • Dependências
  • Psicologia Clínica
  • Clínica Forense
Veja mais

Pesquisas relacionadas