Serviços e preços

Avaliação Psicológica


Avenida Brasil 200-r/c-E, Lisboa

Preço não relatado

Pelviclinic


Check-up de saúde mental


Avenida Brasil 200-r/c-E, Lisboa

desde 50 €

Pelviclinic


Consulta online de Psicologia


Avenida Brasil 200-r/c-E, Lisboa

desde 30 €

Pelviclinic


Consulta psicológica da criança


Avenida Brasil 200-r/c-E, Lisboa

desde 30 €

Pelviclinic


Consulta psicológica para adultos


Avenida Brasil 200-r/c-E, Lisboa

desde 30 €

Pelviclinic


Primeira consulta Psicologia


Avenida Brasil 200-r/c-E, Lisboa

desde 40 €

Pelviclinic


Psicoterapia


Avenida Brasil 200-r/c-E, Lisboa

desde 30 €

Pelviclinic


Psicoterapia com Adolescentes


Avenida Brasil 200-r/c-E, Lisboa

desde 30 €

Pelviclinic

Opiniões de pacientes

5

Classificação geral
1 opinião

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Instalações
Paciente verificado
Local: Pelviclinic Lidar com depressão e ansiedade associadas a disforia de género

Foi-me recomendado o Dr. João dos Santos para lidar com o meu problema complexo: uma depressão despoletada por disforia de género reprimida há décadas, associada ao stress do trabalho, a morte de ambos os pais, entre outras coisas, que me impediu totalmente de continuar a trabalhar (sem ter possibilidade de obter outras fontes de rendimento!).
Graças ao trabalho com o Dr. João já consigo trabalhar alguma coisa, ao fim de quase cinco anos de «interrupção». Também me melhorou o estado de humor e ensinou-me a lidar com a ansiedade associada à depressão.
O trabalho não está «terminado». No mínimo, e felizmente, todas as semanas tenho alguém que está disposto a ouvir as minhas lamentações do quotidiano, oferecendo, aqui e ali, preciosas dicas e um ponto de vista «externo» para resolver situações mais complicadas.
O Dr. João é provavelmente a pessoa mais pacífica e serena que conheci (mesmo tendo em conta a sua profissão) e consegue pôr qualquer pessoa bem disposta em pouco tempo. Tem uma vasta cultura geral para além de, obviamente, experiência profissional, o que lhe permite adaptar o discurso ao paciente de forma exemplar, conseguindo assim ter sempre algo a dizer, independentemente do tema da conversa. Isto é importante para estabelecer laços de proximidade que são essenciais em terapia (especialmente quando esta se prolonga por muito tempo, à medida que se vão tentando resolver os problemas cada vez mais profundos e complexos).
Dada a sua experiência em lidar com pessoas com disforias sexuais e de género, o Dr. João tem uma mente completamente aberta e aborda naturalmente qualquer assunto dentro desta área sem qualquer forma de preconceito. Não há que «ter vergonha» — o Dr. João já viu e ouviu «muito pior» do que aquilo que imaginamos ser horrível, e não há nada que o possa «chocar». A sua abordagem terapêutica é, pois, livre de moralidades, paternalismos, ou enfoque em comportamentos «politicamente correctos». Cada caso é um caso (assim é que deve ser) e não há «pré-formatação» para sermos «encaixados» numa «classificação» qualquer; não há também da parte do Dr. João insistência em comportar-se de acordo com um estereótipo qualquer, imposto socialmente; em vez disso, há, sim, aceitação e abertura para fazer propostas e sugestões e avaliar os resultados, em regime de «trabalho de casa» (pois a terapia não termina com o fim da sessão!)


Ocorreu um erro, tente outra vez

Experiência


Especializações

  • Psicoterapia
  • Psicologia Clínica
  • Sexologia

Pesquisas relacionadas