Transtorno de Ansiedade
9 respostas
Boa noite. Sofro de ansiedade e ataques de pânico à mais de 6 anos. Controlada com 75mg Sertralina e em crises 5-10mg Diazepam. À 2 meses cheguei casa já de noite e tinha a casa assaltada. Desde essa altura necessito tomar Diazepam 10mg à noite e apenas consigo dormir 7 horas. Sinto-me vigiada, tenho pavor de chegar ou sair de casa à noite, não consigo ir para o quarto sozinha à noite, revejo as imagens vezes sem conta, desconfio dos vizinhos e desconhecidos e sinto que é muito difícil viver assim. Será normal estes sentimentos? Será que vai passar ou piorar? Estava a ser seguida por um psicólogo que me disse que em setembro me contactava quando tivesse disponível e não tenho coragem de o contactar, com medo que ache que estou a complicar uma coisa que acontece a várias pessoas e é ultrapassada. Resumindo sinto-me perdida e não sei o que fazer a não ser chorar e esperar que a noite passe rápido. Podem me aconselhar?
Boa noite. O momento de crise que vive é de angústia, acrescida à situação de que já era acompanhada. Na minha perspetiva é fundamental que contacte o seu psicólogo, ou outro, caso esse profissional não tenha disponibilidade. Vivenciou uma experiência traumática, a ansiedade é mais intensa e tem alterações no seu ritmo de vida diário. Não tenha receio de pedir ajuda e contactar um (o) profissional.

Olá!
Antes de tudo não deves ter receio de contactar o seu psicólogo. Ele é um profissional preparado para ajudar-te, e por isso não fará nenhum tipo de julgamento a respeito da situação. Entretanto, caso ele não esteja disponível, procure outro profissional.O acompanhamento psicológico é tão fundamental quanto o tratamento com medicamentos para que possa superar as crises de pânico e ansiedade.
Cumprimentos

Olá boa noite.
Pode ser ajudada a resolver essa situação com ajuda especializada. Fale com o seu psicólogo, caso não seja possível procure outro profissional.
Ao dispor,

O que sente agora é agravado por toda a sintomatologia que tinha e pela qual era acompanhada , deve contactar o seu psicólogo para retomar o acompanhamento .

Boa tarde,
O que está vivenciar poderá ser reactivo ao que experienciou recentemente que poderá também reactivar angústias passadas.
Aconselho que retome as sessões com o seu psicoterapeuta. Se este não tiver disponibilidade, procurar uma alternativa.

Cumprimentos,
Jorge Fonte

Bom dia, é importante que para já não dramatize o que está a pensar e a sentir, nem se culpabilize por tais reacções e sensações, pois se está a viver esta situação é porque tem motivos válidos para tal. Deve no entanto acreditar que o processo psicoterapeutico lhe trará a possibilidade de aceita-se de outra forma, mais tranquila, e aprender a lidar com a sua história e traumas vivenciou. Só deste modo poderá um dia deixar de necessitar recorrer à medicação, que apenas lhe produz alívio passageiro, mas que efetivamente não lhe dá a oportunidade da verdadeira resolução e crescimento, que é só conseguida através da Psicoterapia.

Depreendo o processo angustiante e limitante em que está a viver. Aliado ao que já acontecia foi somado um facto que a traumatizou e intensificou os sintomas e terá desencadeado outros. Não convém deixar protelar essas situações e portanto é de suma importância que ligue ao seu psicólogo, ou marque consulta num outro que lhe transmita maior confiança e segurança- um psicólogo não a irá julgar de forma alguma.
Busque a sua felicidade, não desista.

Boa tarde! Exponha a sua situação ao seu psicólogo. Ele estará lá para a apoiar em todo o processo e não para a julgar. Felicidades!!!

Deve procurar iniciar a psicoterapia o mais rápido possível
Ao seu dispor
Rita Bicha Castelo

Especialistas

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

content.questions.show.related_questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 121 perguntas sobre Transtornos Da Ansiedade

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade médica dos médicos a quem quer fazer perguntas
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.