Bom dia, Foi-me diagnosticada Personalidade Borderline com a ajuda de testes psicológicos após vári

9 respostas
Bom dia,
Foi-me diagnosticada Personalidade Borderline com a ajuda de testes psicológicos após vários anos de indefinição e indecisão por parte do corpo clínico dada a dificuldade compreensível na interpretação desta perturbação. O psiquiatra aconselhou terapia psicodinâmica, tendo em conta que "a raiz pode estar na infância" (sic). Acontece que não sinto que tenha uma personalidade borderline muito marcada (situação corroborada tanto pelo psiquiatra como pelo psicólogo avaliador), no entanto reconheço que me causa algumas dificuldades, nomeadamente estabilidade profissional ou autoconfiança com uma certa sensação de incapacidade. Qual poderá ser o prognóstico com a terapia psicodinâmica e o que poderei esperar da mesma?
Muito obrigado.
Bom dia,
Tenho pena que esteja há anos à procura de um diagnóstico. Na realidade, mais importante do que o diagnóstico é o seu sentir e a sua vontade de o fazer, pelo que é melhor começar.
A investigação tem mostrado que não é o modelo do terapeuta, nem o diagnóstico, mas sim a relação terapeutica que predizem os melhores resultados. (Estavamos mal, se apenas os psicoterapeutas psicodinâmicos olhassem para a infância...). Sendo assim, sugiro que procure um psicoterapeuta (por exemplo atravé do directório do site da Ordem dos Psicólogos Portugueses), procurando num local a que tenha fácil acesso (embora actualmente muitos terapeutas apenas estejam a trabalhar online) olhando para o CV, e comprometendo-se com o processo. O prognóstico depende da relação que se estabelecer e do grau de compromisso que tiver com o processo, uma vez que a terapia implica o seu envolvimento activo. Tal como num ginásio não basta pagar a inscrição e passar por lá... é necessário praticar assiduamente, numa psicoterapia, não basta pagar e ir, é necessário estar disposto a olhar para dentro, para o passado, para o presente, e assumir escolhas livres e responsáveis. O prognóstico depende de muitos destes fatores, da sua história, e dos seus objectivos com a terapia.
A Psicoterapia não é algo que alguém lhe vai fazer (como uma massagem ou um comprimido que se espera que actue), mas sim um caminho que você e o psicoterapeuta irão construindo, a direcção é sua, os conhecimentos técnicos são do profissional que será o guia e apoio nesse caminho. A esperança é fundamental, desejo-lhe uma boa viagem para dentro de si.

Quase todos os tipos de psicoterapia produzem resultados. Deverá fazer psicoterapia, vai ajudá-la/o. Antes de escolher um/a terapeuta, procure informação. Não se esqueça de procurar informação acerca da terapia comportamental dialética. É um tipo de psicoterapia desenvolvida especificamente para Transtorno de Personalidade Borderline. Desejo-lhe as maiores felicidades!

Tal como foi já mencionado mais importante do que a orientação teórica do terapeuta é a aliança terapêutica e o envolvimento do paciente no processo psicoterapeutico.
Há vários psicoterapeutas que têm formação em várias orientações e mobilizam métodos e técnicas das várias correntes (eu por exemplo tenho formação quer da linha psicodinâmica quar da cognitivo-comportamental.
O mais importante é tomar a decisão de iniciar a psicoterapia e envolver-se no processo de mudança.
Neste momento eu assim como vários colegas realizam atendimento online.( no meu caso dada a situação crítica atual estou a a realizar de forma gratuita quer a 1ª consulta para eventual seguimento quer a consulta de urgência (intervenção em crise).
As melhoras. Felicidades

Bom dia, não sei se era importante para si ter um diagnóstico, pois o importante é começar a fazer psicoterapia. Os psicólogos tem a sua forma de trabalhar consoante o modelo terapêutico que seguem. A psicanálise ou a terapia psicodinamica são opções muito válidas. Tente procurar na sua zona de residência um psicólogo com formação em Psicanalise.

Bom dia,

A minha área de formação é intervenções cognitivo-comportamentais nas perturbações psicológicas e da saúde. Penso que independentemente da área de formação do psicólogo desde que se estabeleça uma boa relação terapêutica e a pessoa se comprometa com a terapia haverão mudanças positivas, pelo que incentivo a procura de um psicólogo da sua área de residência. Com o tempo as consultas vão permitir identificar as estruturas cognitivas disfuncionais e a adoção de comportamentos mais adaptativos.

Bom dia minha querida.
É normal ter uma certa desconfiança do diagnóstico, essa é uma característica da personalidade borderline.
Se lhe fizeram uma avaliação psicológica deverá confiar, pois trata se de um método científico fiável.
Sabe que testes lhe aplicaram?
Eu sou formada em Psicologia clínica, vertente psicodinâmica, tenho formação em tarot psicológico que se baseia na utilização dos arquétipos do inconsciente coletivo no processo terapêutico. Estudei em Portugal e em França.
Faço terapia à distância, online através de plataforma online própria.
Sou proprietária da Psimove laboratório de Psicologia
Um grande abraço e não está sozinha nesta luta. Força!

Boa tarde, dado o quadro clínico que apresenta, poderia também ser de equacionar a hipótese de fazer hipnoterapia.
Cumprimentos,
Mário Rui

Bom dia.
Como já foi referido por alguns colegas o modelo de intervenção mais adequado é a terapia comportamental dialética. Esta terapia é, inclusivamente, recomendada pelas instituições nacionais (ordem dos psicólogos) e internacionais (Associação Americana de Psicologia). Qualquer profissional sério e responsável tem que manter uma conduta ética, baseada no código deontológico. E o código deontológico refere que a prática dos psicólogos deve ser baseado na evidência científica actualizada. Por exemplo, não existem evidências sobre a validade Científica do Tarot psicológico.
Espero que tudo corra pelo melhor.

Respondendo diretamente: Não sei! E tambem não sei qual o seu diagnóstico. Parece-me sim que apresenta uma auto-consciência boa e uma igualmente boa capacidade de auto-recnhecimento o que são excelentes indicadores d sucesso para uma psicoterapia - de orientação psicodinamica- e um caminho até à cura bem aventurado. Quanto ao que pode esperar da mesma, respondo-lhe desta forma: expansão mental, maior acuidade psicológica e saúde! Siga os conselhos que lhe foram dando, e reflita, o que me parece que o faz muito bem, procure uma psicoterapia psicodinamica ou de inspiração psicanalítica e um\a terapeuta com o qual se sinta bem. Boa journada, que tudo lhe corra pelo melhor!

Especialistas em Transtorno Da Personalidade Borderline

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

content.questions.show.related_questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 18 perguntas sobre Transtorno Da Personalidade Borderline

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade médica dos médicos a quem quer fazer perguntas
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.