Consultório

Casa de Saúde Santa Catarina Rua de Santa Catarina, 1491, Porto
Consultório privado (mapa)

Nessa morada não é possível marcar consulta online

Pedir calendário de consultas
22 509.....
916 46.....

Experiência

Sobre mim

Médica licenciada pela Universidade de Coimbra - 2001 Especialista em Psiquiatria pelo Centro Hospitalar Psiquiátrico de Coimbra -2009 Assistente H...

Mostrar a descrição completa


Escolas

  • Licenciada em Medicina, Universidade de Coimbra, 2001

Competências linguísticas

Português, Inglês, Espanhol

Serviços e preços

Consulta domiciliar Psiquiatria


Casa de Saúde Santa Catarina Rua de Santa Catarina, 1491, Porto

desde 130 €

Consultório privado


Primeira consulta Psiquiatria


Casa de Saúde Santa Catarina Rua de Santa Catarina, 1491, Porto

desde 70 €

Consultório privado


Psicoterapia de Grupo


Casa de Saúde Santa Catarina Rua de Santa Catarina, 1491, Porto

desde 30 €

Consultório privado


Retorno de consultas Psiquiatria


Casa de Saúde Santa Catarina Rua de Santa Catarina, 1491, Porto

desde 70 €

Consultório privado


Terapia cognitivo - comportamental


Casa de Saúde Santa Catarina Rua de Santa Catarina, 1491, Porto

desde 60 €

Consultório privado


Tratamento Adicção


Casa de Saúde Santa Catarina Rua de Santa Catarina, 1491, Porto

70 €

Consultório privado

Opiniões

Sem opiniões de pacientes

Este especialista não tem nenhuma opinião dos pacientes da Doctoralia. Seja o primeiro em deixar uma!

Poste a sua opinião

Dúvidas solucionadas

10 dúvidas de pacientes solucionadas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Doença De Alzheimer

    Boa tarde
    Gostaria de saber o que fazer com uma senhora com doença de Alzheimer, com ataques de heteroagressividade e raiva para com os familiares, alucinações e delírios e recusa na toma de medicação?
    Sendo que a última opção seria mesmo o internamento/ institucionalizaçao da mesma?

    Boa tarde, a questão que coloca é muito frequentemente colocada pelos familiares de doentes com demência. Há que compreender qual o diagnóstico e a fase da doença pois as estratégias mudam consoante a fase e também o contexto especifico em que surgem as maiores dificuldades dos familiares.
    Sou da opinião de adiar a institucionalização o mais possível pelo facto de tal acelerar o processo demencial, havendo até estudos que demonstram uma eventual diminuição da sobrevida nestas situações.
    No entanto é absolutamente essencial gerir as alterações de comportamento de forma aos familiares poderem manter o seu papel de cuidadores. Quando há recusa de tomar a medicação deverá ser instituído um plano terapêutico com medicação sob a forma de gotas ou solução oral que facilitam a administração das mesmas e em geral permitem uma estabilização do doente.
    As alterações do plano terapêutico devem sempre ser sujeitas a uma avaliação médica prévia.

    Dra. Ana Silva Pinto

  • Pergunta sobre Hipnose clínica

    Bom dia,
    Gostaria de saber se a hipnoterapia pode ser eficaz para doentes com depressão e transtornos de ansiedade incluindo ataques de pânico?
    Há alguma terapia recomendada que não inclua a toma de antidepressivos e ansiolíticos?

    Obrigada

    Boa tarde, embora não privilegie essa abordagem na minha prática clínica poderá trazer algum benefício clínico sobretudo nos doentes mais sugestionáveis. Relativamente ao tratamento, dependendo do caso em concreto e da avaliação do mesmo em consulta, pode-se tratar uma depressão ou problemas de ansiedade com recurso a psicoterapia em exclusivo. A vantagem de recorrer a medicação é uma maior celeridade no processo e ser mais fácil poder intervir do ponto de vista psicológico. Acresce que a terapia medicamentosa em exclusivo também poderá não ser a melhor resposta na prevenção de recaída destas patologias.
    Assim, o uso combinado de medicação e psicoterapia melhora o prognóstico clínico.

    Dra. Ana Silva Pinto

Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Médica licenciada pela Universidade de Coimbra - 2001 Especialista em Psiquiatria pelo Centro Hospitalar Psiquiátrico de Coimbra -2009 Assistente H...

Mostrar a descrição completa


Escolas

  • Licenciada em Medicina, Universidade de Coimbra, 2001

Especializações

  • Emergências Psiquiátricas
  • Psicogeriatria
  • Psicoterapia

Competências linguísticas

Português, Inglês, Espanhol