Tomo a venlafaxine desde agosto de 2017 comecei com 37.5 e agora já estou com 225mg pararam os atakes de pânico mas sinto-me por vezes nervosa ansiosa tenho muitas mudanças de humor por vezes só me apetece estar sozinha nu trabalho tanto estou bem como nao me apetece falar será normal
Dr. João Parente
Dr. João Parente
Psicólogo, Psiquiatra
Cascais
Se apesar de estar a fazer já uma dose relativamente substancial de Venlafaxina a ansiedade melhorou mas não significativamente e se existirem mudanças de humor frequentes com períodos depressivos ou mesmo mudanças de humor frequentes num só mesmo dia, há que pesquisar de existe também irritabilidade, insónia persistente, sensação interior de "nervoso muidinho", agitação ("não estar bem em lado nenhum") e se "sente a mente acelerada" ("a 200 à hora"), levando a dificuldade em manter o foco de atenção e a esquecimentos frequentes.

Isto tem que ser pesquisado detalhadamente porque por vezes há quadros predominantemente de ansiedade (mas não só) que respondem melhor a um estabilizador do humor do que a um antidepressivo da classe que você está agora a tomar.

Olá,
e o que lhe diz o seu clínico habitual? Só ele conhece a especificidade da sua situação.
Contudo, muitas vezes na perturbação de pânico (não sei se é o caso), faz sentido fazer terapia combinada: fármaco e psicoterapia, por exemplo terapia cognitivo-comportamental do pânico.

Parece-me que a sua situação clínica não está bem medicada dado você referir apresentar sintomatologia que levanta a suspeita de perturbação de estados do humor o que implica o recurso a estabilizadores do humor e não só. Não me parece tratar-se de um aquadro de ansiedade generalizada habitual. Proponho que vá saber uma segunda opinião.

Dra. Carolina Pardelinha
Dra. Carolina Pardelinha
Psicólogo
Vila Real
Necessita de um bom psicólogo não se apoie só na medicação!!

Concordo com a opinião do Dr. Mário José David, pois segundo a sua descrição e a evolução da mesma não me parece que se enquadre num quadro de ansiedade generalizada.

Para além de pedir uma segunda opinião, deverá iniciar Psicoterapia de modo a saber lidar com as sensações quando elas surgem e saber o que elas significam, De modo a fazer frente ao ambiente sem de seguida sentir tristeza, agitação, etc..
Tenho acompanhado em casos idênticos com uma evolução bastante favorável.

Procure em primeiro lugar um psiquiatra pois é necessário uma avaliação correta e possivelmente medicação para estabilizar o humor. Aconselho que depois procure um psicólogo que faça terapia cognitivo comportamental pois a eficácia deste tipo de terapia está comprovada para este tipo de perturbações.
Estou ao seu dispor,
cumprimentos
Patrícia Moreira

Especialistas em Transtornos Da Ansiedade

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

content.questions.show.related_questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 73 perguntas sobre Transtornos Da Ansiedade

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.