Boa noite , tenho 52 anos e sofro de depressão desde dos 15 anos por ter médicos q nunca estiveram á altura sobretudo o primeiro qdo tinha 16 anos-a minha pergunta é: acha q eu deveria ter terapia cognitiva?
Bom dia. A terapia cognitiva poderá ajudar mas habitualmente com um processo de doença tão longo será difícil observar resultados a curto prazo. Nesta fase da sua vida, o mais importante será perceber que não são os médicos ou os outros que lhe provocam os sintomas. Se aceitar que você também não tem culpa do seu sofrimento, mas que tem a responsabilidade de tudo o que se passa consigo, e que os médicos, os seus familiares, os seus amigos, os seus inimigos,... não têm nem culpa nem responsabilidade, isso será muito mais útil para si. Colocar a culpa nos outros, ou em si, não o ajuda. Contudo, deverá colocar apenas em si a responsabilidade de mudar o que sente, com ou sem ajuda de terapia. Pense bem, a única pessoa que você pode mudar é a si próprio. Portanto, não culpe ou responsabilize os outros pelo que se passa consigo porque não os pode mudar. Tem de mudar o que pode e aceitar aquilo que não pode mudar. Como não pode mudar os outros, não tem qualquer utilidade para si colocar neles qualquer culpa ou responsabilidade. Os melhores cumprimentos,

Prof. Domingos Neto
Prof. Domingos Neto
Psiquiatra
Lisboa
Olá. Concordo com o colega anterior e penso que uma boa psicoterapia, cognitivo-comportamental ou outra, acompanhada, se necessário, de uma medicação adequada, administrada por um psiquiatra, poderá melhorar a sua situação

Boa tarde. Lamento que não tenha conseguido encontrar a ajuda que expectava; contudo, concordo com o que já foi dito anteriormente: as competências técnicas dos profissionais não farão, por si só, com que a melhoria e a mudança ocorram. É necessário que haja real compromisso e responsabilização por parte do paciente que se submete a um processo de mudança, reforçando ainda que este processo deve ser enriquecido com psicoterapia e terapia medicamentosa. Poderá a terapia cognitiva comportamental ser uma das respostas, se de facto estiver comprometido com o processo de mudança. A forma como tem vindo a viver e a sentir a vida pode sim melhorar, e se fizer este trajecto acompanhado, tanto melhor!

Especialistas em Transtorno Depressivo

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

content.questions.show.related_questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 46 perguntas sobre Transtorno Depressivo

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.