Ola boa noite, tenho 21 e nao me sinto bem comigo mesma, e nao consigo estar com ninguem.. nao consigo ter uma relecao.. o que posso fazer?
Dra. Ana Duarte Ferreira
Dra. Ana Duarte Ferreira
Psicólogo
Lisboa
Olá, bom dia.
A primeira relação é consigo mesma. Enquanto não se sentir bem consigo e na sua pele, dificilmente se sentirá bem com alguém. Este é o primeiro passo: compreender o que a afasta de si e o que não gosta. É possível mudar! É preciso amar-se para viver esse amor e ser feliz numa relação. Comece a cuidar-se.
Consigo ajudá-la neste percurso e nesta bonita auto descoberta.
Um Bj.
Ana DF.

Bom dia. Pois... se não se sente bem consigo mesma será muito difícil fazer seja o que fôr. A sua questão é muito vaga. O melhor será marcar uma consulta com o seu médico de família, colocar o problema e pedir ajuda. Ele poderá ajudá-la e/ou sugerir consulta de Psiquiatria ou Psicologia. Os melhores cumprimentos,

Dra. Anabela Vinagre
Dra. Anabela Vinagre
Psicólogo
Corroios
Bom dia! Deve procurar ajuda especializada. Estamos ao dispor.

 Jennifer Mancera
Jennifer Mancera
Psicólogo
Lisboa
Todos nos sentimos em algum momento de nossa vida como se esta sentir agora, sem duvida tem muitos motivos para se sentir desta forma. A melhor maneira para compreender esta situação e através de um processo terapêutico para poder acompanhar seus sentimentos e pensamentos.

 Alda Soledade Maduro
Alda Soledade Maduro
Psicólogo
Lisboa
Para estar bem com os outros, em primeiro lugar, precisa de estar bem consigo, o caminho é procurar ajuda terapêutica.
Posso ajudar

Dra. Lina Raimundo
Dra. Lina Raimundo
Psicólogo
Sacavém
Boa tarde!
A psicologia pode ser a melhor resposta para desenvolver e reforçar o seu amor-próprio e também para lidar com as dificuldades que descreve

Dra. Sónia Sá
Dra. Sónia Sá
Psicólogo
Lisboa
Olá.
Li o seu relato e consegui ver como se sente angustiada, presa dentro de si mesma, diria.
Como os colegas já disseram antes, a relação que tem consigo mesma é muito importante, sabemos disso, quanto mais não seja, porque vivemos em nós todos os dias e se o sítio onde vivemos não nos faz sentir bem, então, o dia-a-dia torna-se difícil de gerir.
Vou contar-lhe um segredo: é possível mudar. Não acontece de um dia para o outro, não é com mézinhas caseiras ou com livros de auto-ajuda, mas é possível encontrar um porto seguro que existe dentro de si, que está abafado por tudo aquilo que a consome, mas que existe.
Qualquer um de nós, técnicos de saúde mental, poderá ajudá-la a fazer esse caminho de volta ao sítio onde se sente bem, estamos cá para o ajudar.
Pondere essa possibilidade, merece estar bem.

Especialistas em Transtorno Depressivo

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

content.questions.show.related_questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 44 perguntas sobre Transtorno Depressivo

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.