Qualquer pessoa sem antecedentes tem risco de desenvolver esquizofrenia?
3 respostas
Qualquer pessoa sem antecedentes tem risco de desenvolver esquizofrenia?
A esquizofrenia é uma doença multifactorial, cujo aparecimento, como o nome indica, está dependente de vários factores. Sabe-se que a presença de história familiar de esquizofrenia ou outra psicose aumenta o risco de desenvolvimento da doença. No entanto, a não existência de história familiar não é um factor protector ou um factor que impossibilite o desenvolvimento da doença.

A esquizofrenia afeta 0,3 a 0,7% da população mundial em algum momento da vida (Wikipedia).
Sim, pode acontecer sem antecedentes anteriores. Normalmente é mais grave se o 1º surto acontecer antes dos 35 anos. E é fundamental o tratamento precoce, logo que existam sintomas.
Algumas pessoas com esta doença recuperam por completo

Enfatizando o que foi dito pelos dois colegas anteriores, acrescento que história familiar de psicose+consumo de canabinóides (haxixe, erva, liamba...) na adolescência/inicio da idade adulta, é uma associação altamente preditora de esquizofrenia.

Especialistas

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

content.questions.show.related_questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 13 perguntas sobre Esquizofrenia

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade médica dos médicos a quem quer fazer perguntas
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.