A minha esposa bebe demasiado ate perder sentidos e caidas desamparada, o que posso fazer?
Dra. Anabela Tavares
Dra. Anabela Tavares
Psiquiatra
Coimbra
Deveria conseguir convence-la a ir a 1 consulta de psiquiatria, pois existem 2 tipos de abusos ou dependencias de alcool que ocorrem muitas vezes em homens ou mulheres chamados:
-Alcoolismo primàrio -Que é quando se tem o "vicio e doença" , infelizmente herdada de algum familiar antigo ..e sem mais razao se a pessoa prova e começa 1 dia com 1 copo...nao consegue parar mais e vão 2,3,4, atrás e a seguir sem parar até cair
E
-Alcoolismo Secundario -Que é mais frequente nas mulheres(embora muitos homens tambem sofram este tipo de doença) em que a pessoa nem bebia ou nem gostava, mas por 1 problema, 1 desgosto de vida, uma depressao ou outro problema de "nervos"...até timidês, às vezes, começa com 1 copo, e com o tempo já nao faz efeito 1 e passa a 2 ou 3, para esquecer o resto da vida...
Qualquer destas situações de doença causam muita angústia na propria pessoa, na sua familia e muitas vezes problemas no trabalho e amigos MAS HÁ TRATAMENTO.
DEVE SER VISTA E CONSULTADA POR ESPECIALISTA DE PSIQUIATRIA, PREFERENCIALMENTE ATÉ QUE TENHA EXPERIENCIA NAS DEPENĎÊNCIAS E ADICÇÕES ...E...a qualidade da vida de todos melhorará caso a doente queira melhorar e fazer tratamento ,que hoje em dia é possivel fazer ja em casa com a medicação certa,.

Consiga todas as respostas durante a consulta online

Agende uma consulta online e resolva suas dúvidas com um especialista sem precisar sair de casa.

Mostrar especialistas
Dr. João Parente
Dr. João Parente
Psiquiatra
Cascais
De facto, existe tratamento MAS é absolutamente imprescindível que a sua esposa QUEIRA E ACEITE tratar-se.
Talvez fosse importante você ir a uma consulta para APRENDER VOCÊ MESMO a lidar com este problema.
Este problema é tão grave que a tendência inicial é subestimar o problema, o que faz com que ele se agrave.
Além disso ser-lhe-ia útil a si frequentar desde já as FAMÍLIAS ANÓNIMAS, um grupo de auto-ajuda formado exclusivamente de familiares de pacientes com Alcoolismo, que se reúnem para aprender a lidar com familiares com esta doença aditiva e para proporcionarem apoio mútuo.

Seria muito importante que o casal viesse a consulta.

Deve confrontar sobre se ela acha que tem um problema grave de saúde e se quer ser ajudada por um programa de tratamento promotor de abstinência sustentada e apoiada por tutor terapêutico familiar ou não é que seja sequencial em termos de objectivos terapêuticos com recurso as consultas familiares e a reuniões de auto-ajuda Alcoólicos Anónimos

Dra. Carolina Pardelinha
Dra. Carolina Pardelinha
Psicólogo
Vila Real
Vá a um Cri da sua area de residencia equipas especializadas na adiccao e é gratuito essencial ela reconhecer q tem um problema e querer tratar se.

 Ana Pinto Coelho
Ana Pinto Coelho
Psicólogo
Lisboa
Consulte um conselheiro em dependências químicas e se comportamento. Têm para cada caso um caminho certo para ajudar. Não siga para psiquiatra ou psicologia sem falar primeiro com um conselheira em dependências. Eventualmente o trabalho até poderá ser conjunto, mas não necessariamente. Peça ajuda o mais depressa possível.

Especialistas em Alcoolismo

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

content.questions.show.related_questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 2 perguntas sobre Alcoolismo

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade médica dos médicos a quem quer fazer perguntas
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.