Consultório

Este especialista não oferece reservas online nesta morada

Este especialista não fornece todas as informações que você precisa?

Mostrar outros médicos do trabalho perto de mim

Experiência

Tratar condições médicas

  • Transtornos Traumáticos Cumulativos
  • Doenças Profissionais

Serviços e preços

Primeira consulta Medicina do Trabalho


Rua Dr. Alves da Veiga, 56 R/C. Porto, Porto

GP Médicos - Gagliardini & Patrício Lda - Medicina Do Trabalho E Prevenção Ocupacional

Opiniões de pacientes

5

Classificação geral
1 opinião

U
Local: GP Médicos - Gagliardini & Patrício Lda - Medicina Do Trabalho E Prevenção Ocupacional Medicina do trabalho

O melhor:
Muito simpático. Fácil de comunicar. Excelente.


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas solucionadas

4 dúvidas de pacientes solucionadas na Doctoralia


  • Pergunta sobre %{category_name}

    Bom dia, eu estou gravida de 23 semanas, trabalho numa empresa de sofás, eu senti me mal na semana passada e a minha médica nunca está presente para me ajudar, tenho um problema de coluna que me dificulta muito fazer certas tarefas, ultimamente tenho tido muitas dores, não durmo de noite e sinto me mesmo esgotada, o meu trabalho e pesado e fica longe de minha casa, até conduzir pra ir e vir está difícil. Queria uma opinião porque a minha medica não me ajuda e eu não sei mais que fazer, não consigo mesmo trabalhar assim, o que devo fazer? Obrigada

    Bom dia. É natural que com a gravidez a trabalhadora perca capacidade de trabalho e pode mesmo influenciar negativamente a gestação, pelo que é uma situação que requer acompanhamento pelo médico familia, ou obstetra ou médico do trabalho ou outro médico assistente, que poderá emitir um relatorio de restições ou sugerir a baixa médica. Para esse efeito deve agendar uma consulta com um médico para a observar e encaminhar.

    Dr. Jose Pedro Patricio

  • Somos seis funcionários de um hipermercado e trabalhamos no setor de frios em horários diferentes .desde fevereiro que estamos tendo o seguintes sintomas após sairia da câmara de descongelamento que fica com temperatura de -10C° ,são os seguintes começa no pescoço e face que fica rosada e depois começa descamar ficando vermelha,coça e arde,pinicando, o olhos irritados ,vermelhos com formação de gotícula de lágrima na pálpebra e visão difusa,não temos febre,mais a visão arde,doi ao ponto de não conseguir abrir de tão inchados,estivemos no alergista que não soube detectar a causa,dermatologista também,estamos com mais dois novatos que esta semana ao entrar nesta câmara começaram a ter estes sintomas. O médico clínico não ajudou em nada tratou como conjuntivite e o oftamol disse que não era estamos indo e vindo a emergência . Tem algum tipo de exame específico pra descobrir a causa desta intoxicação?

    A situação deve ser reportada ao médico do trabalho da empresa e este deve liderar uma investigação sobre o assunto junto com a segurança do trabalho. Havendo vários casos devem ser reavaliados os riscos laborais e avaliados os casos concretos para se perceber se são susceptibilidades individuais ou situações laborais que condicionam os problemas. Entretanto é necessário implementar medidas para minorar as situações como a melhoria dos epis, a rotatividade, etc.

    Dr. Jose Pedro Patricio

Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Tratar condições médicas

  • Transtornos Traumáticos Cumulativos
  • Doenças Profissionais

Pesquisas relacionadas