Qual é normalmente o tratamento para a depressao pos parto? existe tratamento sem medicamentos?
Dra. Ernestina de Jesus
Dra. Ernestina de Jesus
Psicólogo
Portimão
O mais adequado é procurar um psicólogo clinico, para avaliar melhor a situação, e delinear o acompanhamento psicoterapêutico á situação.

No pós-parto algumas alterações emocionais são normativas e reativas a uma nova fase da sua vida com responsabilidade acrescida, no entanto, se nota que comprometem a sua vida familiar, social e a interação com o seu bébé deverá recorrer a uma consulta de psicologia para ponderar a necessidade de beneficiar de psicoterapia.

 Cristina Marreiros da Cunha
Cristina Marreiros da Cunha
Psicólogo
Paço de Arcos
Na maior parte das vezes, a chamada "Depressão pós parto", é ligeira, normal e passageira e resulta das transformações hormonais e dificuldades (maiores ou menores dependendo da pessoa e ambiente em que vive) na adaptação emocional à nova dinâmica familiar e diferentes papeis, bem como a novas rotinas e prioridades, e à sua nova imagem, num curto espaço de tempo.
Neste caso, bastará apoio psicológico ou terapia de casal, para ajudar na adaptação às transformações e a lidar com as novas emoções (a medicação nesta fase, pode mesmo ser contraproducente). Este apoio pode ser fundamental para que não se arraste este estado e para impedir que se instale de facto uma verdadeira depressão.

A depressão pós-parto resulta da continuação de um estado de elevada sensibilidade emocional, no período de pós-parto. O tratamento mais eficaz é a psicoterapia de apoio, com um psicólogo clínico, com uma periodicidade sistemática (semanal ou bi-semanal),no entanto, em alguns casos, poderá carecer de toma de medicação e avaliação médica!
O acompanhamento psicológico nesta fase, deverá contemplar também, a observação da interacção mãe-bebé e apoio no que diz respeito a todos os cuidados inerentes ao recém-nascido, nomeadamente, a amamentação/aleitamento materno.

Dra. Ana Paula Ramalho
Dra. Ana Paula Ramalho
Psicólogo
Lisboa
O nascimento de um bebé tem um grande impacto na vida dos pais e, em particular, da mãe. Impacto, nomeadamente, nas dinâmicas inconscientes.
Assim, se os sintomas depressivos persistirem, porque, se temporários, podem ser normais, aconselho que procure um psicólogo clínico. Poderá ser uma ajuda importante para a mãe e para o bebé.

Dra. Ana Maria Rosa
Dra. Ana Maria Rosa
Psicólogo
Beja
No caso de os sintomas depressivos se prolongarem no tempo poderá recorrer à Hipnose Clínica, que é uma técnica de tratamento psicológico com elevado grau de eficácia.

Dr. Pedro Sousa Lé
Dr. Pedro Sousa Lé
Psicólogo
Lisboa
O diagnóstico de depressão pós-parto deve ser feita por um psiquiatra. Deve ter seguimento psicoterapêutico por um psicólogo e psiquiatra. Recomendo a terapia cognitivo comportamental congnitiva. A opção de tomar " medicamentos" depende da avaliação do psiquiatra e da intensidade dos sintomas ( se têm interferência nas actividades de vida diária).

Dra. Inês Vinagre
Dra. Inês Vinagre
Psicólogo
Leiria
Caso esteja já avaliada a situação e tenha sido estabelecido um diagnóstico de depressão, especificamente no período pós parto, pode recorrer a acompanhamento psicológico ou psicoterapia, sem recurso a medicação e planeado de acordo com o seu caso em particular, adaptado a esta nova fase da sua vida.

Dra. Joana de Almeida
Dra. Joana de Almeida
Psicólogo
Águeda
Olá! Como está?
A Depressão Pós-Parto é um quadro clínico que pode surgir na fase puerperal, normalmente nas primeiras 4 semanas após o nascimento do bebé, podendo surgir durante o 1 ano de vida. Os sintomas compreendem humor deprimido, sensação de culpa, irritabilidade, falta de paciência, labilidade emociona, ansiedade em relação ao bebé, entre outros.
Relativamente ao tratamento, este depende da gravidade dos sintomas e da idiossincrasia de cada caso. Como na Depressão, a Psicoterapia é muitas vezes suficiente e é o tratamento ideal. Por isso, respondendo à sua questão existe tratamento sem recorrer a medicação e é eficaz.
No entanto, em casos extremos poderá ser necessário recorrer à farmacoterapia como forme de restabelecer as substâncias químicas no cérebro.

Especialistas em Depressão Pós-Parto

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

content.questions.show.related_questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 2 perguntas sobre Depressão Pós-Parto

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade médica dos médicos a quem quer fazer perguntas
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.