Boa noite, fiz uma cirurgia á 8 meses atrás. Levei anestesia geral. Dois dias depois tive reação. O meu corpo começou a tremer de cima abaixo, durante 12 horas.embora não me senti-se nada ansiosa, fui ao hospital deram-me ansioliticos e nada. No dia seguinte, sempre que tentava dormir e os meus músculos relaxavam, sentia o meu corpo vibrar por dentro. Passei a dormir 3 horas por noite, durante quase 2 meses até que um dia, estava a adormecer e acordei repentinamente com uma sensação do peito, como se tivesse a cair. Repetia-se noite dentro até adormecer por exaustão. Desenvolvi ansiedade extrema devido á privação de sono, tremores, terror de ir para a cama. Tomo Protheadene 75mg, que parece não ajudar muito, pois continuo a ter as mesmas crises embora não tão agressivas. Acontece mesmo que não esteja ansiosa e já ouve vezes que me fui a rir para a cama, sem stress nenhum. Não consigo perceber o que se passa, nem que medico procurar? Isto surgiu após a operação e agora está a criar-me realmente muita ansiedade, porque não consigo ter uma vida normal. Já estou a fazer terapia Emdr, porque fiquei muito traumatizada com esta experiência mas ás vezes parece piorar pq fico muito agitada quando me lembro das noites em angustia. Piora antes, durante e depois da menstruação. Muito obrigada!
Dra. Carolina Pardelinha
Dra. Carolina Pardelinha
Psicólogo
Vila Real
Penso que pelo que descreve está com muita ansiedade que aumentou após a cirurgia mas que já existiria antes disso penso que deveria procurar um psicólogo para perceber as verdadeiras causas da sua ansiedade e fazer psicoterapia pois há que entender as causas para tratar os sintomas e nada melhor que psicoterapia e falar para perceber quais as mudanças internas para o controle dessa ansiedade e sinceramente não apoio nem a medicação nem o emdr procure um bom psicólogo!

Prof. Inês Matos
Prof. Inês Matos
Psicólogo
Lisboa
Viva. Lamento que se sinta assim e imagino quão difícil deve ser o seu dia-a-dia. Não dormir constitui uma das piores dificuldades que o ser humano pode enfrentar e tem um impacto devastador no trabalho, nas relações com os outros e no bem estar.
O EMDR pode ajudar nas experiências traumáticas mas é importante perceber que nenhuma terapia é adaptada a todas as pessoas e a todas os sintomas ou patologias. Talvez o seu corpo lhe esteja a dizer que essa não é, por agora a via mais adequada.
Uma psicoterapia poderia ajudar, percebendo as causas da ansiedade conseguimos libertar-nos dela.
Espero que encontre a ajuda de que necessita, não hesite em contactar-me se tiver alguma questão.

Olá. O tratamento com medicamentos não importante, mas não é suficiente para tratar adequadamente a ansiedade. Sugiro fortemente que procure a ajuda de um psicólogo. A abordagem cognitivo-comportamental, associada aos ansiolíticos, costuma trazer bons resultados.

Dra. Sónia Moura Sequeira
Dra. Sónia Moura Sequeira
Psicólogo, Terapeuta alternativo
Gondomar
Teste

Dra. Anabela Vinagre
Dra. Anabela Vinagre
Psicólogo
Corroios
Bom dia, considero que já deu um passo muito importante, ou seja, questionar o que sente. Sugeria-lhe que procurasse um(a) psicólogo(a).
Estamos ao dispor.

Especialistas em Transtornos Da Ansiedade

Adoindo Pimentel

Adoindo Pimentel

Psiquiatra

Adrián Gramary Cancelas

Adrián Gramary Cancelas

Psiquiatra

Fânzeres

Adriana M Horta

Adriana M Horta

Psiquiatra

Vila Nova de Gaia

Adriano S Vaz Serra

Adriano S Vaz Serra

Psiquiatra

Coimbra

Agnelo Marques Silva

Agnelo Marques Silva

Psiquiatra

Águeda

Alberto C F Gomes Santos

Alberto C F Gomes Santos

Psiquiatra

Porto

Related questions

Tem perguntas?

Os nossos peritos responderam a 49 perguntas sobre Transtornos Da Ansiedade

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anónima.
  • Faça uma pergunta médica clara e seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um médico específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou serviço de urgências.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no Doctoralia.com.pt, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.