Ana Alturas

Ana Alturas

Psicóloga

Experiência em: Psicoterapia, Aconselhamento e Orientação aos Pais, Depressão, Transtornos de Ansiedade, Psicologia Clínica e da Saúde

Número de Identificação Profissional: 878 OPP

Marcação de consultas

1

Em qual consultório você quer ser atendido?

2

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1
2

Opiniões sobre Ana Alturas

5

Baseado em 2 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Ana Alturas?

Opinar

O melhor: "Estou muito agradecido pelo caminho percorrido com a minha mãe. Excelente Profissional"

Poderia melhorar: "nada"

Motivo da visita: Depressão

Diogo C. marcou consulta com Ana Alturas em Gabinete de Psicologia

Marcou consulta na Doctoralia

Ana Alturas respondeu a esta opinião

Muito Obrigada pela atenção!

O melhor: "Muito empática."

Motivo da visita: Solidão

Paciente que marcou consulta com Ana Alturas em Cmeo

Ana Alturas respondeu a esta opinião

Muito obrigado!

Experiência

Formação

  • Psicóloga UNI2000
  • PsicoterapeutaSPPC2006
  • Formadora CertificadaIEFP2006
  • Especialista em TraumaSPPC2010
  • Especialista LutoSppc2012
  • Hipnose clinicaIPH2017

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 878 OPP

Vasta experiência clínica privada em Perturbações tipo:ansiedade, fobias, pânico, tristeza, solidão,  luto,  depressão e questões relacionais. 

  • Prática clínica em Centro de Saúde  (Equipa de Ansiedade e Depressão).
  • Directora Técnica Lar de Idosos. 
  • Estágio em Saúde Mental contexto hospitalar (H.S.F.X.).
  • Formadora Certificada (IEFP). 
  • Especialização em Comportamentos Desviantes experiência em Tribunal de Família e menores.
  •  Especialização em Psicoterapia (SPPC) de orientaçao Cognitivo Comportamental e Emocional.

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Francês
  • Chinês (Mandarim)

Webs


Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: novembro 2017
  • Primeira consulta Psicologia Detalhe 60 €
    • Gabinete de Psicologia 60 €
  • Retorno de consultas Psicologia Detalhe 60 €
    • Gabinete de Psicologia 60 €
    • Gabinete Psicologia Porto 60 €
  • Check-up de saúde mental Detalhe 45 €
    • Gabinete Psicologia Porto 45 €
  • Consulta online de Psicologia Detalhe 45 €
    • Gabinete de Psicologia 45 €
  • Consulta psicológica para adultos Detalhe 60 €
    • Gabinete de Psicologia 60 €
  • EMDR Detalhe 70 €
    • Gabinete de Psicologia 70 €
    • Gabinete Psicologia Porto 70 €
  • Hipnose clínica Detalhe A partir de 50 €Solicitar preço
  • Mindfulness Detalhe A partir de 45 €Solicitar preço
  • Psicoterapia Detalhe 60 €
  • Psicoterapia Regressiva Detalhe 120 €
    • Gabinete de Psicologia 120 €
    • Gabinete Psicologia Porto 120 €
  • Terapia cognitivo - comportamental Detalhe 45 €
    • Gabinete de Psicologia 45 €
  • Terapia de Casal Detalhe A partir de 50 €Solicitar preço
  • Psicoterapia de Grupo Solicitar preço

Artigos escritos por Ana Alturas

Terapia cognitivo - comportamental

O Psicólogo pode atuar em diversas áreas de intervenção:
Perturbações Depressivas
Perturbações de Ansiedade
Perturbações Alimentares
Perturbações do Sono
Dificuldades Académicas e Profissionais
Dificuldades Conjugais
Dificuldades Sexuais
Dificuldades de Adaptação a Mudanças
Situações de Luto e/ou Traumáticas
Situações de Divórcio/Separação conjugal
Auto-estima.
Para o efeito, avalia quadros psicológicos que constituam sofrimento mental, elaborando planos de tratamento e, sempre que necessário, para melhor compreensão dos sintomas apresentados pelo indivíduo pode recorrer à avaliação das situações através da realização de testes psicológicos e articular com outras especialidades da medicina.

Avaliação Psicológica

O processo de avaliação psicológica permite, não só elucidar aspectos do funcionamento psicológico, como também reconhecer recursos e delinear possíveis estratégias de intervenção.
Articula com as necessidade e pedidos da para uma situação específica.
Despiste de dificuldades específicas de aprendizagem.
Despiste de perturbação de hiperatividade e défice de atenção.
Testes: personalidade, atenção, memória, inteligência, depressão.
Testes de preferência e orientação profissional.

Veja os 4 artigos escritos por Ana Alturas

Respostas de Ana Alturas

10 Respostas

3 Especialistas de acordo

0 Pacientes agradecidos

Ana Alturas está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças ou exames médicos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Na medicina , o termo "infantilismo" caracteriza a condição do corpo,em que neste caso surge num sistema parcial, ao nível dos órgãos genitais, que derivado a questões genéticas estão subdesenvolvidos. No caso do "infantilismo" feminino o diagnóstico tem em consideração o comprimento do colo do útero, os seios subdesenvolvidos,um mau funcionamento do ovário, pêlos esparsos e quase ausentes na região da púbis, podendo existir tendência para a obesidade, entre outros. De notar que, apesar do "infantilismo" sexual ser mais expressivo nas mulheres do que nos homens, também acontece no género masculino, através de determinados sintomas, como por exemplo a perda de desejo sexual, a redução da erecção ou o tamanho do pénis que é menor do que o padrão normal. Gostaria de salientar que estas indicações são meramente informativas, carecendo de avaliação por um especialista,sendo que se deverá ter em conta outros fatores, e o seu caso em particular.

Ana Alturas

Ana Alturas

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Lisboa

A pessoa que tem uma estrutura de personalidade borderline ou limite caracteriza-se entre outros aspetos por uma instabilidade do humor, sendo que para ajudar a lidar o melhor possível com esta sintomatologia é importante o acompanhamento psicoterapêutico, e mediante o caso avaliar-se a necessidade de medicação, que não terá, em alguns medicamentos os efeitos secundários que são sua preocupação, ou seja o aumento do peso. No entanto, parece-me que neste momento o primeiro passo é recorrer a um profissional de saúde mental para lhe ajudar a esclarecer as suas duvidas e eventuais receios, de forma a compreender-se a sintomatologia descrita face aos acontecimentos da sua história de vida passada, presente e futura, além de diminuir a instabilidade emocional, através da aquisição de recursos internos e competências de regulação das emoções e de mudanças repentinas de humor.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Ana Alturas

Ana Alturas

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Lisboa

As perturbações de ansiedade são das mais prevalentes perturbações mentais na população, e entre as suas causas, fatores ambientais e genéticos estão associados.Alguns estudos indicam a relação da genética com a ocorrência de características ansiosas, pois a correlação de ansiedade entre os irmãos foi mais acentuada naqueles que compartilhavam a mesma carga genética. Contudo, nas correlações entre ansiedade nos pais e nos filhos verificou-se baixa influência da transmissão genética para a determinação de ansiedade nos filhos com significativa influência do ambiente.Por exemplo pais que demonstravam um maior controlo sobre os seus filhos, ou seja comportamentos de super protecção, possuíam crianças mais ansiosas. Neste âmbito, a intervenção psicoterapêutica é importante para compreender as razões da ansiedade, existindo várias metodologias de intervenção que poderão pelo menos atenuar os níveis de intensidade,sendo que a interrupção do tratamento poderá fazer reincidir estes sintomas.

Ana Alturas

Ana Alturas

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Lisboa

Ver as 10 perguntas respondidas por Ana Alturas

Fotos

{0}{1}
Para um melhor serviço utilizamos cookies próprios e de terceiros. Ao continuar aceite nossa política de cookies. Mais info. X