Transtorno Depressivo - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Transtorno Depressivo

Os especialistas falam sobre a Transtorno Depressivo

"O estado depressivo é uma vivência profunda, onde a existência do sujeito torna-se, muitas vezes, vazia e sem qualquer perspectiva. Percebe-se a vida, de uma forma mais negativa, diferente do habitual. Os pensamentos negativos invadem a mente, numa lente obscura que lhe tira todo o colorido." A avaliação correta é sempre necessária. E muitas vezes a medicação também é necessária. Utilizo a terapia sob medida, com técnicas psicossensoriais, hipnoterapia e trabalho de resgate da autoestima. Estou ao seu dispor para o/a ajudar a entender que a depressão é a vida a bater a sua porta avisando que precisa de mudar e que o caminho está livre para seguir em frente.
Dra. Patrícia Gomes Moreira
Dra. Patrícia Gomes Moreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Terapeuta alternativa

|

Santa Maria da Feira

A depressão é uma condição médica definida que afecta 20 por cento da população portuguesa. A depressão pode matar e não é sinónimo de tristeza nem um sinal de fraqueza. A depressão não é uma situação que se possa resolver de forma voluntária - as pessoas deprimidas não são preguiçosas ou fracas. O que se passa é que, sem ajuda, não conseguem simplesmente controlar os seus pensamentos, comportamentos e atitudes. Muitos pacientes relatam uma única vontade: fechar-se no quarto, apagar as luzes, fechar as persianas e dormir, sem falar com ninguém. Já não sentem prazer ou alegria, estão sempre cansados...
Dr. José Armindo da Silva Armindo
Dr. José Armindo da Silva Armindo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

Porto

A depressão clínica compreende múltiplos factores(psicológicos,sociais,comportamentais, entre outros) constituindo um dos principais motivos de recurso a apoio especializado por uma parte significativa dos doentes que solicitam os meus serviços. O tratamento que proponho baseia-se num modelo consolidado(terapia cognitivo comportamental) e cuja validade é comprovada por inúmeros estudos científicos. A minha intervenção que tende a ser o mais breve possível(em 4 a 6 consultas é esperado observar melhoras evidentes no doente) incide nas múltiplas causas desta doença incapacitante e inicia-se logo na primeira consulta que é simultaneamente de avaliação e intervenção.
Dr. Jorge Veloso
Dr. Jorge Veloso Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

Vila Nova de Famalicão

A depressão é definida como um estado afetivo durável que se carateriza por pensamentos, comportamentos e atitudes no modo do indivíduo reagir ao ambiente, às pessoas e aos acontecimentos. É a reação que temos aos mais diferentes acontecimentos. Esta reação pode concetualizar-se em variados graus de insatisfação, tristeza, indiferença, irritabilidade, entre outros.O tratamento poderá inclui a psicoterapia e a utilização de fármacos. Diversas abordagens psicoterapêuticas podem ser utilizadas de acordo com a gravidade do quadro e suas características, a história dos sintomas e da presença de fatores de stress. A terapia Cognitivo Comportamental é a mais indicada na maioria dos casos clínicos.
Dra. Edijane Costa
Dra. Edijane Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

Porto

Distúrbio depressivo maior (DDM) conhecido como depressão, é um distúrbio mental caracterizado por pelo menos duas semanas em q que estejam presentes os critérios de diagnóstico na maior parte das situações. É muitas vezes acompanhado de baixa autoestima, perda de interesse em atividades de outra forma aprazíveis, pouca energia e dor sem uma causa definida. A maioria das pessoas que possuem um quadro clínico depressivo não conhece ou não procura ajuda médica especializada apesar da grande possibilidade de tratamento efetivo. O tratamento pode envolver medicação antidepressiva (se necessária), receitada por pelo menos 12 meses para evitar recaídas, e o acompanhamento psicológico.
Dra. Rita Carvalho
Dra. Rita Carvalho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Leiria

Ver mais

Tem perguntas sobre Transtorno Depressivo?

Nossos especialistas responderam 12 perguntas sobre Transtorno Depressivo.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Este sintoma só por si não é suficiente para se estabelecer um diagnóstico de depressão. Pode constituir um indício, contudo só uma avaliação rigorosa da sua situação poderá demonstrar inequivocamente a existência de um quadro depressivo.

  • 6
  • 20
  • 16
Dr. Jorge Veloso Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Vila Nova de Famalicão

Marcar consulta

Recomendo contactar um psicólogo clínico para avaliação do seu caso e possível seguimento em psicoterapia. O tratamento da depressão só é eficaz com psicoterapia combinada com psiquiatria.

  • 24
  • 30
  • 5
Dr. Pedro Sousa Lé

Psicólogo

Lisboa

A tristeza é dos sentimentos humanos o mais doloroso. A depressão é uma downca que se caracteriza por uma tristeza orofunda e duradoura. Porém não faz por si só um transtorno depressivo, sendo necessário analisar outros critérios de diagnóstico. O facto de questionar sem vergonha é o primeiro passo para o tratamento. Aconselho a procurar um psicoterpeuta de modo a ter certeza do que se passa consigo.e aliviar este seu sofrimento.

  • 9
  • 15
  • 5
Dra. Virgínia Antunes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Braga

Marcar consulta

De acordo com a descrição feita na pergunta a melhor terapia que corresponderia as suas expetativas seria fazer psicoterapia. O facto de ser uma pessoa muito sociável deixa a entender que uma pessoa que tem um elevado grau de desejabilidade social (gosta de ser agradável, simpática e ir de encontro as expetativas das outras pessoas). Através de uma anamnese (entrevista clínica) aprofundada poderíamos perceber quais os motivos que a deixam tão relutante em criar laços íntimos e tentarmos trabalhar alguns objetivos que deseja atingir.

  • 12
  • 20
  • 3
Dr. Hélio Borges Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Porto

Marcar consulta

Ver as 12 perguntas sobre Transtorno Depressivo

Para um melhor serviço utilizamos cookies próprios e de terceiros. Ao continuar aceite nossa política de cookies. Mais info. X