Transtorno De Pânico - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Transtorno De Pânico

Os especialistas falam sobre a Transtorno De Pânico

Os ataques de pânico são ataques abruptos de medo intenso ou desconforto intenso que atingem um pico em poucos minutos e são acompanhados de sintomas físicos e/ou cognitivos. ​ Estes sintomas incluem frequentemente uma sensação de catástrofe iminente, falta de ar, palpitações, suores, tremores, náuseas, tonturas, desequilíbrios, desconforto ou dor no peito, sensação de sufoco e medo de enlouquecer, morrer ou perder o controlo. A psicoterapia de tipo cognitivo-comportamental tem mostrado uma grande eficácia com este tipo de perturbação.
Dr. José Armindo da Silva Armindo
Dr. José Armindo da Silva Armindo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

Porto

"Toda a doença é uma tentativa de solução" No sintoma de pânico existe a sensação de falta de proteção. Na terapia o paciente entende de onde vem esse sentimento e aprende a dar a si mesmo, a proteção necessária. O paciente aprende técnicas que utilizará fora do consultório, na sua vida. Estou ao seu dispor.
Dra. Patrícia Gomes Moreira
Dra. Patrícia Gomes Moreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Terapeuta alternativa

|

Santa Maria da Feira

Tem perguntas sobre Transtorno De Pânico?

Nossos especialistas responderam 11 perguntas sobre Transtorno De Pânico.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Os ataques de pânico aparecem geralmente no âmbito das perturbações ansiosas associando-se por um lado a diversas patologias ( ex.:alterações tiroide, cardiopatias etc) a estados fisiológicos particulares com défice ou excesso de algumas substâncias endógenas (ex.: lactatos) ou a circunstancias ambientais (ex.: concentrações elevadas de dióxido carbono). Os factores desencadeantes desta sensação de morte eminente, podem ser de toda a natureza mas habitualmente tornam-se óbvios numa entrevista clinica. A abordagem psiquiatrica é fácil e salvo honrosas excepções, o problema geralmente resolve-se no primeiro mês de tratamento.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 15
  • 16
  • 16
Dr. Marcelo J Faria Feio Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Lisboa

Marcar consulta

Recomendo Psicoterapia. Mais importante do que o tipo de Psicoterapia é a pessoa com que vai desenvolver esse trabalho. O facto de as terapias que fez (e não refere quais) pode não estar só associado a uma falta de eficácia do tipo de intervenção em si, mas da forma como foram aplicadas.

  • 23
  • 24
  • 7
Dr. Gonçalo Neves Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Lisboa

Sim. Possivelmente poderá ter desenvolvido uma Perturbação de Stress Pós-traumático, mas é necessário a realização de uma avaliação psicológica para melhor compreensão do problema e da sua história clínica para confirmação deste diagnóstico. Os ataques de pânico podem ser secundários ao seu quadro clínico, pois são bastante comuns nestes casos. Os tratamentos mais indicados e com eficácia comprovada são aqueles que se fundamentam na psicoterapia cognitivo comportamental e ainda na terapia EMDR.

  • 17
  • 21
  • 40
Dra. Edijane Costa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

Porto

A sua pergunta denota dificuldades em diversas matérias mas não se compreende bem exactamente o que pretende esclarecer. Se tem problemas de compulsividade, certamente que poderá melhorar com um tratamento adequado. O medo de enlouquecer poderá ter uma raiz ansiosa, mas a sua abordagem requer mais informação. A insatisfação pela cidade onde mora...pode estar relacionada com uma perturbação sua ou daqueles que a rodeiam....em determinadas circunstancias ...até pode ser um sentimento muito saudável...;-)

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 15
  • 16
  • 16
Dr. Marcelo J Faria Feio Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Lisboa

Marcar consulta

Ver as 11 perguntas sobre Transtorno De Pânico

Para um melhor serviço utilizamos cookies próprios e de terceiros. Ao continuar aceite nossa política de cookies. Mais info. X